SOLUÇÕES E EQUIPAMENTOS PARA SANEAMENTO

X


Com a operação do CCO, será possível acompanhar os níveis dos reservatórios da cidade "on line", de modo a atuar imediatamente a partir da identificação de qualquer anormalidade.

Segundo o superintendente do SAAE, Persio Augusto de Paula, hoje o sistema funciona de maneira arcaica, com um funcionário 24 horas por dia percorrendo de carro todos os reservatórios da cidade.

"Atualmente, um profissional tem que percorrer todos os reservatórios para checar os níveis de água, numa ronda que leva cerca 2h30, acarretando atrasos na atuação quando da ocorrência de problemas. Agora, com o CCO em funcionamento, será possível acompanhar os níveis através de um sistema de monitoramento a distância, o que vai agilizar a tomada de decisões no caso do surgimento de algum problema", afirmou o superintendente, que nesta semana demonstrou o funcionamento dos equipamentos ao Prefeito Geraldo Garcia.

Na segunda etapa, que deverá ser entregue em 40 dias, será possível fazer o acompanhamento também das vazões de entrada e saída de cada reservatório, possibilitando a identificação de problemas provenientes de alguma falha na alimentação dos reservatórios ou na distribuição.

Ainda haverá a implantação de uma terceira etapa, que deverá acontecer em 2019, quando, via CCO, será possível realizar a ligação ou o desligamento de bombas e registros, possibilitando atuação totalmente automatizada, atingindo o objetivo final de controle de toda operação.